A SoftBank anunciou nesta sexta-feira que abolirá sua prática de oferecer descontos nas tarifas de comunicações de telefonia móvel, desde que os usuários não mudem para outras operadoras durante dois anos. A empresa deixará de impor multas aos assinantes que rescindirem seus contratos durante o período de dois anos.

A SoftBank implementará as mudanças em 13 de setembro, tornando-se a primeira grande operadora de telefonia móvel japonesa a abolir os contratos de dois anos e as multas por rescisões antecipadas. A ação da empresa vem em resposta a novas regras que limitarão o valor de tais multas a ¥ 1.000, a partir de 1º de outubro.

O uso de contratos vinculativos de dois anos é uma prática comum na indústria de telefonia móvel japonesa, exigindo que os clientes das principais operadoras paguem ¥ 9.500 se rescindirem seus contratos em períodos diferentes dos três meses após o último mês do prazo de dois anos.

O limite de ¥ 1.000 para as multas por rescisão antecipada será introduzido como uma medida regulatória para ajudar os assinantes a mudarem de operadora com facilidade.

O SoftBank acredita que as multas de ¥ 1.000 não são eficazes para impedir a saída de clientes, disseram fontes familiarizadas com a situação.

Foinse: Jiji Press

Fógraí
San alt seo

Fág nóta tráchta:

Úsáideann an suíomh seo Akismet chun spam a laghdú. Foghlaim conas a phróiseáiltear do chuid sonraí aiseolais.